A Saudade

set/2022

Sobre saudades… o peito aperta e a angústia toma conta! Nunca as escolhas e a nova vida só possuem maravilhas, então vamos falar hoje sobre a sensação de solidão e ausência. Por mais que a mudança ainda envolvam amigos, um ótimo e feliz trabalho e uma moradia da forma que foi desejada, a sensação de abandono da segurança e distância de quem amamos volta e meia bate a nossa porta.

Àquela sensação da vida confortável e estável que tínhamos, com amigos perto e “disponíveis” para qualquer imprevisto, a distância confortável e rápida da família e a sua casa há mais de 10 anos que tinha sua história e sua “cara”. Ou mesmo, àquela sensação de segurança na própria rotina ou a famosa “zona de conforto”.

Tudo isso de vez em quando dói, machuca, angústia. Me disseram que essa sensação será frequente, mas vai amenizando à medida que o tempo passa. E, eu, não vejo a hora! Em momento nenhum estou reclamando de tudo que estou vivendo nessa nova vida, pelo contrário, sou abençoada pelas pessoas e tudo que têm acontecido. Mas, é sempre bom abrir o coração e expressar a vida real, o que sentimos, mesmo que tudo ocorra conforme nossos planos.

E, neste sentido, lembro muito do que Carpinejar um dia escreveu: “Saudades ficam violentas quando mudamos de endereço. Saudades ficam insuportáveis quando mudamos de sentido. Você confunde sacrifício com covardia. Compreendo. Eu confundo amor com loucura. Cada um tem seus motivos, sua maneira de se convencer que fez o melhor, fez o que podia.”

E ai me conforto, pois mudei de endereço e sentido. Mas como fazemos para nos auto provarmos que essa mudança foi necessária, um sacrifício? Como realmente interiorizar, que tudo será reconstruído e os recomeços fazem parte da vida.

Acredito que, assim que foi necessário recriar uma rotina e uma nova vida, ainda é necessário criar uma nova Fred. E, essa minha nova versão, eu percebi que, não poderá ser adaptada tão rápida quanto ao restante. Afinal, mudanças externas são muito mais fáceis, até porque algumas nem dependem da gente. Por outro lado, mudanças internas, que só dependem da gente, são mais difíceis e demoradas. Envolvem autoconhecimento, reavaliação de gatilhos e muito mais.

Felizmente, estou no caminho e em busca dessa nova Fred. Que precisa se recriar para viver essa nova vida! E, eu estou pronta e ansiosa por ela!!!

_______________
O conteúdo e opinião publicados neste artigo são de inteira responsabilidade do autor ou autora.

Fred Mette

Fred Mette

Colunista

Doutora em administração, amante e atuante nas áreas de finanças, marketing, empreendedorismo e inovação. Possui com experiência em consultoria, avaliação de negócios e planejamento estratégico e financeiro. Sócia e idealizadora da U-Plan Startup. Seus interesses de pesquisa incluem, principalmente, psicologia econômica, endividamento e bem-estar financeiro. Atualmente é professora e coordenadora do curso de Administração na ESPM SP.

Mais artigos

Axé para quem é de Axé! Axé, Anitta!

A perda de seguidores após uma revelação religiosa pode ser encarada como um verdadeiro livramento divino. Aqueles que se afastam de nós nesse momento estão apenas mostrando que não estavam verdadeiramente alinhados com nossos valores e crenças mais profundas. É...

ler mais

Não era amor. Era pix. A relação por interesse.

Em um mundo cada vez mais movido por interesses e conveniências, é comum nos depararmos com relacionamentos que se baseiam em trocas e benefícios mútuos, em detrimento de sentimentos genuínos e conexões emocionais reais. O que antes era conhecido como amor, agora...

ler mais

O furar bolhas necessário se cada dia

Você ainda acredita que furar bolhas é mimimi? Acorde, viu! Furar bolhas é fundamental para se tornar um profissional completo e capaz de agregar valor em sua área de atuação. Ao se manter restrito em um determinado ambiente, sem buscar experiências e conhecimentos...

ler mais

O que o povo não sabe, não destrói.

Ei! O que você anda postando em redes sociais digitais? Até que ponto é válido postarmos tudo o que fazemos? Bora refletir. Em tempos de redes sociais digitais, é comum nos depararmos com a tentação de compartilhar cada detalhe de nossa vida online. No entanto, é...

ler mais

junte-se ao mercado