Seja INSTRUMENTO de CURA

out/2023

Em um mundo repleto de cicatrizes e feridas, é evidente que estamos em uma busca constante por cura. Não apenas a cura física, mas também a cura emocional, espiritual e social. O mundo precisa de cura, precisa de um bálsamo que possa aliviar as dores e restaurar a esperança.

Olhando ao nosso redor, vemos conflitos e desigualdades que parecem insuperáveis. Guerras, pobreza, discriminação, injustiças… São tantas as feridas abertas que é fácil se sentir desanimado e impotente diante de tamanha adversidade.

No entanto, é importante lembrar que a cura começa dentro de cada um de nós. Cada ato de bondade, compaixão e empatia é um passo em direção à cura do mundo. Pequenas ações podem ter um impacto significativo, como um sorriso para um estranho, uma palavra gentil para alguém que está sofrendo, ou um gesto de solidariedade para com os menos afortunados.

Além disso, a cura também requer mudanças estruturais e sistêmicas. Precisamos lutar por justiça social, igualdade de oportunidades e respeito pelos direitos humanos. Devemos nos unir em prol de um mundo mais inclusivo, onde todas as vozes sejam ouvidas e valorizadas.

A cura também passa pela preservação do meio ambiente. Devemos cuidar da natureza, proteger os recursos naturais e adotar práticas sustentáveis. Somente assim poderemos garantir um futuro saudável para as gerações vindouras.

Portanto, não podemos nos resignar diante das adversidades. Devemos ser instrumento de cura, espalhando amor, compreensão e respeito por onde passamos. Cada um de nós tem o poder de fazer a diferença e contribuir para a cura do mundo. Juntos, podemos transformar as feridas em cicatrizes de esperança e construir um futuro melhor para todos.

E aí, bora?!

_______________
O conteúdo e opinião publicados neste artigo são de inteira responsabilidade do autor ou autora.

Diego Oliveira

Diego Oliveira

Colunista

CEO da Youpper Insights, professor universitário da ESPM, mestre em comunicação pela Cásper Líbero, publicitário e, principalmente, provocador de mudanças e aceleração social.

Mais artigos

Axé para quem é de Axé! Axé, Anitta!

A perda de seguidores após uma revelação religiosa pode ser encarada como um verdadeiro livramento divino. Aqueles que se afastam de nós nesse momento estão apenas mostrando que não estavam verdadeiramente alinhados com nossos valores e crenças mais profundas. É...

ler mais

Não era amor. Era pix. A relação por interesse.

Em um mundo cada vez mais movido por interesses e conveniências, é comum nos depararmos com relacionamentos que se baseiam em trocas e benefícios mútuos, em detrimento de sentimentos genuínos e conexões emocionais reais. O que antes era conhecido como amor, agora...

ler mais

O furar bolhas necessário se cada dia

Você ainda acredita que furar bolhas é mimimi? Acorde, viu! Furar bolhas é fundamental para se tornar um profissional completo e capaz de agregar valor em sua área de atuação. Ao se manter restrito em um determinado ambiente, sem buscar experiências e conhecimentos...

ler mais

junte-se ao mercado