uma curtição chamada São João

jun/2021

Pelo segundo ano consecutivo, não será possível sentir os aromas das festas juninas nas ruas ou em espaços onde costumávamos “pular a fogueira” ou “dançar a quadrilha”. Assim como o trabalho e os estudos, as celebrações tradicionais tiveram que se transformar, literalmente, em festa caseira.

As ideias criativas têm se espalhado Brasil afora. De lojas de decoração às marcas de alimentos e bebidas, as empresas têm acompanhado o ritmo das adaptações domésticas. Como consumidor ou como profissional da área de comunicação e marketing, observo todos os esforços para manterem vivas as tradições, a alegria diante do caos, como também a sustentação financeira num cenário de grandes incertezas.

A Tok Stok, por exemplo, investiu em uma campanha atraindo os olhadores para os móveis temáticos, inspirando seus clientes a montarem um clima de Festa Junina dentro de seus lares. As produtoras de alimentas estão distribuindo receitas tradicionais ou inovadoras, influenciando os cardápios das famílias. As lojas de decorações têm publicizado que o São João tradicional tem a fogueira como símbolo, e com ela, uma boa conversa à sua volta. Na falta dela, alguns elementos da festa podem ser reproduzidos com a vantagem do conforto de casa, passando a conversa para sala, quintal ou varanda com bancos, poltronas e almofadas.

A era das lives permenece viva e tende a causar tráfego nas mídias online no dia 24 de junho! Artistas do mundo sertanejo retomaram suas rotinas de ensaios, enquanto igrejas católicas organizam encontros híbridos (fiéis dentro e fora das igrejas).

Interessante que, com a imaginação associada a poucos itens, é possível impactar significativamente a comemoração nas residências, criando um espaço para trocas e risadas. Reúna em casa a música, as roupas temáticas e os seus pratos favoritos para recriar em casa o ar de São João em detalhes. Pra mim, como um fã desta festa, o importante é manter a chama acesa dentro de nós!

Diego Oliveira

Diego Oliveira

Colunista

Fundador e CEO do Grupo Youpper Consumer & Media Insight. Expert in Consumer & Media Insights. Publicitário e mestre em Comunicação pela Cásper Líbero, especialista em gestão de projetos pela FGV, professor e supervisor universitário na ESPM nos cursos de Publicidade e Propaganda.
Mais artigos

Axé para quem é de Axé! Axé, Anitta!

A perda de seguidores após uma revelação religiosa pode ser encarada como um verdadeiro livramento divino. Aqueles que se afastam de nós nesse momento estão apenas mostrando que não estavam verdadeiramente alinhados com nossos valores e crenças mais profundas. É...

ler mais

Não era amor. Era pix. A relação por interesse.

Em um mundo cada vez mais movido por interesses e conveniências, é comum nos depararmos com relacionamentos que se baseiam em trocas e benefícios mútuos, em detrimento de sentimentos genuínos e conexões emocionais reais. O que antes era conhecido como amor, agora...

ler mais

O furar bolhas necessário se cada dia

Você ainda acredita que furar bolhas é mimimi? Acorde, viu! Furar bolhas é fundamental para se tornar um profissional completo e capaz de agregar valor em sua área de atuação. Ao se manter restrito em um determinado ambiente, sem buscar experiências e conhecimentos...

ler mais

O que o povo não sabe, não destrói.

Ei! O que você anda postando em redes sociais digitais? Até que ponto é válido postarmos tudo o que fazemos? Bora refletir. Em tempos de redes sociais digitais, é comum nos depararmos com a tentação de compartilhar cada detalhe de nossa vida online. No entanto, é...

ler mais

junte-se ao mercado